Departamento de Estudos Especializados em Educação
  • NOTA DE APOIO AOS ESTUDANTES EM GREVE NA UFSC – 12/09/2019

    Publicado em 18/09/2019 às 18:34

    O conselho de unidade do CED, reunido extraordinariamente no dia 12 de setembro de 2019, aprovou por unanimidade reiterar os termos apresentados na nota emitida em 11 de setembro de 2019 pelo Colegiado do Curso de Pedagogia e assim manifestar seu apoio aos estudantes do CED e demais discentes da UFSC em greve. Mais que apoio, reconhecemos que a mobilização é legítima e absolutamente necessária em face da gravidade das ações e propostas do Governo Federal para as Instituições Federais de Ensino. A pauta da greve estudantil, com destaque para a reversão dos cortes nas universidades públicas e contra o projeto “Future-se!”, é também uma reivindicação de docentes, pois tais medidas comprometem seriamente a educação superior pública e de qualidade, jogando a Universidade nas mãos da iniciativa privada, dos interesses imediatos do mercado, a uma perspectiva restrita de formação humana, de pesquisa e de ciência. A redução dos gastos com educação básica e superior não se justifica num país que, de um lado, gasta a maior parte de seus recursos no pagamento de uma dívida pública que necessita ser auditada e, de outro, perdoa dívidas altíssimas de grandes empresários, em outras palavras, nos referimos a isenções fiscais. Retirar o apoio estatal à pesquisa e à ciência é condenar nosso país à subalternidade internacional. Os estudantes da UFSC em greve dão aula de cidadania, de democracia e de projeto de Universidade e de país. O futuro pertence a quem luta e aqueles que respeitam, protegem e ampliam os bens coletivos.

    Não ao Future-se!

    Pela reversão dos Cortes a Instituições Federais de Ensino!

    Todo apoio aos estudantes em greve!

    Viva a Educação e a Universidade Pública!

     

    Florianópolis, 12 de setembro de 2019


  • Câmara de Graduação da UFSC emite posicionamento sobre greve estudantil

    Publicado em 18/09/2019 às 18:34

    A Câmara de Graduação da UFSC emitiu, por meio de nota, um posicionamento a respeito das atividades de ensino após deflagração da greve estudantil na última terça-feira, 10 de setembro. Leia a nota na íntegra abaixo.

    NOTA

    Considerando

    1. A circunstância decorrente das deliberações do movimento estudantil na UFSC, tomadas em assembleia realizada em 10 de setembro de 2019, quanto à paralisação de atividades estudantis, afetando diferentes Cursos de Graduação com proporções também diversas;
    2. A ausência de deliberações quanto a paralisação das atividades de docentes e STAEs, que continuam desenvolvendo suas atividades;
    3. A inexistência de normativos que expressem medidas administrativas capazes de dar conta de tal situação
    4. O ambiente de anormalidade gerado por tal quadros;
    5. O contido no Estatuto Geral da UFSC, em seu artigo 19, em que
      “Compete à Câmara de Graduação:
      (…) IX – manifestar-se sobre assuntos, propostas ou planos afetos à sua área de atuação;”

    A Câmara de Graduação, em reunião realizada nesta data, encaminha à comunidade acadêmica a seguinte orientação:

    – propor, no âmbito dos Colegiados de Cursos, Departamentos e dos Conselhos de Unidades, medidas que permitam a avaliação constante das consequências resultantes do movimento de estudantes, sugerindo, quando for o caso, ações de mitigação de possíveis conflitos;

    – agir com cautela, equilíbrio e serenidade, sempre propondo diálogos e condutas que possam estabelecer condições de interlocução qualificadas;

    – sugerir que não sejam realizadas atividades avaliativas até a apreciação e deliberação do Egrégio Conselho Universitário sobre as proposições apresentadas na referida assembleia.

     

    Sala dos Conselhos, l l de setembro de 2019
    Alexandre Marino Costa
    Presidente da Câmara de Graduação


  • Câmara de Pós-Graduação da UFSC emite nota sobre medidas do Governo Federal

    Publicado em 18/09/2019 às 18:33

    A Câmara de Pós-Graduação da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) posicionou-se por meio de uma nota oficial à comunidade acadêmica a respeito das medidas orçamentárias aplicadas à pós-graduação e à pesquisa, os cortes de bolsas da Capes, entre outras questões.

    A UFSC teve, ao todo, 248 bolsas bloqueadas, incluindo bolsas de mestrado, doutorado e pós-doutorado, tornando-se, assim, a Universidade que teve a maior perda de cotas de bolsas no país. Desse número, até o momento, 155 bolsas foram devolvidas, restando 93 bolsas cortadas durante o ano de 2019.

    Leia, a nota na íntegra abaixo:

    NOTA À COMUNIDADE ACADÊMICA

    A Câmara de Pós-Graduação (CPG) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), reunida no dia de 12 de setembro de 2019, vem a público manifestar o seu posicionamento ante as contínuas incertezas a que a pós-graduação está sendo submetida ao longo deste ano de 2019.

    Diante da atual conjuntura de incertezas a respeito do fomento à pós-graduação no país e das dificuldades enfrentadas no âmbito da educação, ciência e tecnologia, a CPG, dentre outras reivindicações, reclama ao Governo Federal uma comunicação mais objetiva e institucional na adoção de medidas.

    Ontem, dia 12/09/2019, a página de notícias da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) anunciou a liberação de três mil novas bolsas para os programas nota 5, 6 e 7, contudo não há certezas sobre quantas das 11.811 bolsas já bloqueadas no Sistema Nacional de Pós-Graduação (SNPG) ao longo de 2019 serão repostas às universidades federais.

    A UFSC teve, ao todo,248 bolsas bloqueadas, incluindo bolsas de mestrado, doutorado e pós-doutorado, tornando-se, assim, a Universidade que teve a maior perda de cotas de bolsas no país, a despeito do rigoroso controle na gestão dos recursos que caracteriza nossa instituição.

    A pós-graduação na UFSC é nacional e internacionalmente reconhecida pela sua excelência. Prova disso é que, recentemente, quatro teses defendidas por discentes da UFSC receberam o “Prêmio CAPES de Tese 2019” e quatro menções honrosas. Além disso, no índice internacional “Times Higher Education” publicado em 2019, a UFSC foi classificada como a 3a melhor entre as universidades federais e a 5a melhor universidade do Brasil. É, portanto, evidente o compromisso da CPG em defender a qualidade e o aprimoramento da pós-graduação, principalmente em momentos de incertezas e insegurança financeira.

    Entretanto, os sucessivos cortes de recursos financeiros e de bolsas ocorridos neste ano têm levado à paralisação das pesquisas, ao prejuízo à ciência e à tecnologia bem como à formação de recursos humanos qualificados no país. Sublinha-se, ainda, as consequências negativas trazidas aos estudantes da pós-graduação com dedicação exclusiva, tais como a dificuldade de permanência e a impossibilidade de sobrevivência material. É de se notar inclusive o sofrimento psíquico dos pós-graduandos e dos docentes da UFSC.

    Ademais, se tornará inexequível, em futuro próximo, aos programas de pós-graduação atender às exigências crescentes de avaliação da CAPES e às condições objetivas para a melhoria dos indicadores.

    De fato, se o quadro atual de asfixia financeira na pós-graduação não for imediatamente resolvido, estará em xeque o próprio sistema nacional de educação, ciência e tecnologia do país.

    Face ao exposto, a CPG torna pública e conhecida sua reivindicação de:

    • reposição das bolsas dos cursos notas 3, 4 e 5;
    • reconstituição do orçamento de 2019;
    • recomposição do orçamento na Lei Orçamentária Anual (LOA) para 2020;
    • aumento de investimento na educação e na ciência;
    • revisão da exigência de novos critérios e indicadores, a exemplo do planejamento estratégico e de autoavaliação para este quadriênio;
    • não rebaixamento das notas dos programas na avaliação quadrienal da CAPES.

    Por fim, a CPG externa sua solidariedade aos estudantes da nossa pós-graduação, reconhecendo a relevância do seu movimento e sugerindo que os Programas dialoguem com os estudantes para encontrar soluções adequadas às suas realidades. Em continuidade, expressa, ainda, sua solidariedade para com todos os que estão na defesa da UFSC e do padrão de excelência na produção de ciência e tecnologia e na formação de recursos humanos.

    Florianópolis, 13 de setembro de 2019.

    CRISTIANE DERANI

    Presidente


  • Assembléia do CED

    Publicado em 09/09/2019 às 15:09

    A Direção do Centro de Ciências da Educação (CED), considerando  os cortes orçamentários e as deliberações da Assembleia Universitária realizada no dia 02/09/2019, convida a Comunidade do CED para uma Assembleia a ser realizada no dia 09 de setembro de 2019 (segunda-feira), às 17h30 no Hall do Bloco A do CED.


  • AVALIAÇÃO DO ATENDIMENTO AMPLIADO

    Publicado em 12/08/2019 às 17:06

    Ajude a melhorar a qualidade do nosso atendimento.

    Acesse a pesquisa abaixo e participe.

    Acesse aqui


  • Processo Seletivo Simplificado

    Publicado em 17/06/2019 às 12:22

    14/06/2019 Processo Seletivo Simplificado para contratação de Professor por tempo determinado

    EDITAL Nº 26/DDP/PRODEGESP/2019, de 14 de junho de 2019.

    Campo de Conhecimento: Educação/Filosofia e Sociologia da Educação
    Processo: 23080.034686/2019-11

    PROGRAMA

    Homologação das Inscrições – 26/06/2019 – 12:00

    HOMOLOGAÇÃO DAS INSCRIÇÕES

    Banca Examinadora – 27/06/2019 – 18:00

    BANCA EXAMINADORA

    Cronograma – 28/06/2019 – 18:00

    CRONOGRAMA

    Resultado da Prova Escrita – 03/07/2019 – 11:00

    RESULTADO – PROVA ESCRITA

    Cronograma Ajustado – 05/07/2019 – 11:00

    CRONOGRAMA AJUSTADO

    Resultado Final – 10/07/2019 – 14:00

    RESULTADO


  • EVENTO COMEMORATIVO 50 ANOS CED – UFSC

    Publicado em 17/06/2019 às 8:32


  • Professora Joana Célia dos Passos recebe a medalha Antonieta de Barros

    Publicado em 18/04/2019 às 14:20

    A professora Joana Célia dos Passos, do Departamento de Estudos Especializados em Educação do Centro de Ciências da Educação (CED) e credenciada junto ao PPGE da UFSC recebeu, no sábado, dia 23 de março, em Sessão Solene que comemorou o aniversário de 346 anos de Florianópolis, no plenário da Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, a Medalha Antonieta de Barros. A honraria foi criada pela resolução Nº 666/97 da Câmara Municipal de Florianópolis com a finalidade de homenagear mulheres que tenham se destacado nas áreas cultural, política, desportiva, empresarial e de prestação de serviços ou ação social em Florianópolis.

    Para a professora a homenagem tem várias simbologias: “O nome que a Medalha carrega é da primeira deputada brasileira que era negra e de Santa Catarina, um estado que insiste em tentar invisibilizar a população negra”, destacou. O evento contou com a presença de diversas autoridades municipais e estaduais e foi marcado por homenagens. “Penso que recebi pela minha atuação na luta antirracista e na defesa e implantação de cotas raciais no ensino superior. A Medalha é uma honraria coletiva. Para a população negra e ativista as conquistas são coletivas”, explicou. A professora disse que essa perspectiva se traduz no Ubunto: eu sou porque nós somos. “Essa medalha é uma Medalha negra para a população negra que resiste ao racismo estrutural e institucional, ao genocídio, aos ataques nos terreiros, ao abuso policial”, concluiu.


  • Processo Seletivo Simplificado

    Publicado em 29/01/2018 às 7:40

    25/01/2018 Processo Seletivo Simplificado para contratação de Professor por tempo determinado

    EDITAL Nº 08/DDP/PRODEGESP/2018, de 25 de JANEIRO de 2018

    Campo de Conhecimento: História e Sociologia da Educação
    Processo: 23080.001210/2018-13

    PROGRAMA

    HOMOLOGAÇÃO DAS INSCRIÇÕES

    NOMEAÇÃO DA BANCA

    CRONOGRAMA

    PROVA ESCRITA – RESULTADO

    CRONOGRAMA AJUSTADO

    RESULTADO FINAL

     

    25/01/2018 Processo Seletivo Simplificado para contratação de Professor por tempo determinado

    EDITAL Nº 08/DDP/PRODEGESP/2018, de 25 de JANEIRO de 2018

    Campo de Conhecimento: Filosofia e Sociologia da Educação
    Processo: 23080.001211/2018-50

    PROGRAMA

    HOMOLOGAÇÃO DAS INSCRIÇÕES

    NOMEAÇÃO DA BANCA

    CRONOGRAMA

    CRONOGRAMA AJUSTADO

    RESULTADO FINAL

     


  • EDITAL 035/DDP/2017

    Publicado em 13/11/2017 às 0:00

    Campo de Conhecimento: Educação/Filosofia da Educação/Teorias da Educação

    Resultado Prova Escrita: Resultado Final Prova Escrita

    Cronograma Ajustado:cronograma ajustado

     

    Campo de Conhecimento: Educação / Teoria Geral de Planejamento e Desenvolvimento Curricular

    Resultado Prova Escrita: Resultado Final Prova Escrita

    Cronograma Ajustado:  Cronograma ajustado